Sou Assistente Virtual e agora?

Sou Assistente Virtual e agora?

Parabéns!

Deste o passo mais importante da jornada, sabias?

Apostamos que nem te apercebeste disso 🙂

Foi o primeiro de muitos mais passos rumo ao sucesso e a uma vida mais livre, feliz – e rentável, sim, também é importante essa parte!

Nós lembramo-nos muito bem de estar exatamente onde estás.

Depois dos programas em que nos inscrevemos para aprender tudo, demos o passo, fizemos o registo do website e pensamos…

“Ok, sou assistente virtual. E agora?”

Bem, nem imaginas o pânico que sentimos naquela altura!!

Mas respiramos fundo, acalmamo-nos e pensamos:

“Agora vou aplicar tudo o que aprendi e ser a melhor assistente virtual com quem os meus clientes alguma vez trabalharam.”

Quando te tornas assistente virtual, a aprendizagem apenas está a começar.

Há sempre formas de crescer, seja a nível como profissional.

E nós estamos aqui para te ajudar!

Vamos falar sobre crescer como AV?

o que fazer agora que sou assistente virtual
Foto de Roman Bozhko no Unsplash

Sou Assistente Virtual e Agora?

Há 6 passos que podes seguir para continuares a crescer como assistente virtual.

E o primeiro é o mais difícil.

1. Não entrar em Pânico

Como dissemos acima, há uma parte que sente pânico quando nos vemos finalmente na altura de começar realmente a “meter as mãos na massa” e trabalhar.

Quando começamos a pensar “sou assistente virtual” e não “vou ser assistente virtual”, as coisas tornaram-se demasiado reais e surgem até dúvidas.

Mas, se já segues a Vera ou a Bizy há algum tempo ou o Grupo de Assistentes Virtuais, sabes também que falamos muito sobre Mindset.

E aqui foi precisamente o momento em que passamos a aplicar o Mindset certo todos os dias e a todas as horas.

Isto era o que queríamos fazer, portanto, só tinha de resultar!

O pânico passou, os clientes começaram a chegar e o negócio levantou voo até estar agora em velocidade de cruzeiro.

2. Não deixar de Aprender

Isto é mesmo muito importante!

Como sabes, tudo na internet muda a toda a hora…

E tu, como assistente virtual, não podes deixar de aprender e estar em cima do acontecimento.

Faz cursos online para aprender novas competências e para continuares a aprender novas.

Mas, por favor, NÃO cometas o mesmo erro de toda a gente!

Que é fazer 1001 cursos de uma vez e não aplicar conhecimento em nenhum.

Foca-te num de cada vez.

Aprende e faz. Aprende e faz. Aprende e faz.

Se ficas com alguma dica deste artigo, foca-te nesta!

3. Networking – sim, mesmo online!

Espero que já tenhas seguido o conselho de dizer a TODA a gente que conheces que és assistente virtual.

Até à esteticista e ao talhante!

Mas para além de falares com os teus conhecidos, tens também de alargar o teu networking (os teus contactos) a outros meios.

Uma excelente forma de fazer isto são memberships ou grupos nas redes sociais ou fóruns.

Alia-te a outros profissionais: outros assistentes virtuais, pessoas que trabalham com o teu cliente ideal ou nicho, etc.

Por vezes, as melhores oportunidades de trabalho estão mesmo aqui!

E podes sempre (como já aconteceu) encontrar excelentes parceiros que te ajudem a complementar o teu trabalho.

Assim podes oferecer um serviço mais completo ao teu cliente e todos ganham!

sou assistente virtual
Foto de Estee Janssens no Unsplash

4. Praticar, praticar, praticar

A perfeição é algo que não existe.

Mas isso não significa que não possas melhorar as tuas competências para te aproximares cada vez mais da perfeição!

Para tal tens de praticar, praticar e voltar a praticar.

Haverão sempre tarefas mais e menos rentáveis, mas não deixes de as pôr em prática só porque sim.

5. Trabalho Voluntário

“Trabalhar de graça??”

Sim, isso mesmo!

Podes crescer e evoluir como AV trabalhando de forma voluntária em determinadas entidades.

Por exemplo, se fores voluntário num ambiente de alta pressão, essa experiência aumentará as tuas habilidades sociais e profissionais também.

Quando falamos de trabalho voluntário, mais de 80% das pessoas pensam em trabalhar para outros de graça.

Mas não te esqueças que há várias associações sem fins lucrativos que precisam dos teus serviços.

E tu precisas de experiência!

Parece uma excelente junção de duas coisas muito boas 🙂

6. Trabalho E Hobbies

Quem diz que não podem estar ligados?

Hoje o Pinterest é uma das grandes fontes de rendimento da Vera (ora espreita aqui o Instagram da Academia Pinterest) e antes era um hobby.

O segredo para um trabalho fantástico é mesmo este: juntar trabalho e hobbies.

Quando chegas a esse ponto, nada te pára!

Conclusão

Sou Assistente Virtual e Vou Conseguir

Nem mais!!!

Esse é O mindset a ter.

Tu vais tão longe quanto tu quiseres 🙂 por isso nunca pares de crescer!

E tu, já és Assistente Virtual? Como está a ter a tua jornada? Conta-me tudo 🙂

Deixe uma resposta