You are currently viewing 10 Resoluções de fim de ano para o teu negócio

10 Resoluções de fim de ano para o teu negócio

Quando se fala em ano novo, parece que desce dos céus uma força divina que nos faz acreditar que a passagem de um minuto vai fazer com que a nossa vida mude.

Claro que isto é tudo muito bonito, mas para que haja verdadeiras mudanças, é fundamental que os astros na tua cabeça se alinhem e acreditem que é mesmo possível darmos pequenos passos para que grandes alterações ocorram.

Nem sempre é fácil levar a cabo as nossas resoluções de fim de ano, por muita determinação que tenhas durante os primeiros dias.

Mas, muitas vezes, isso acontece porque não te comprometes a sério com as tuas decisões.

Mais: o facto de não teres como objetivo claro metas atingíveis (já ouviste falar de objectivos SMART?) faz com que rapidamente percas o entusiasmo e deixes cair por terra as tuas resoluções.

Objectivos SMART

Como assistente virtual, ou outro tipo de empreendedor/a, deves estipular para o teu negócio esses tais objectivos SMART:

  • S – específicos
  • M – mensuráveis
  • A – atingíveis
  • R – realistas
  • T – temporalmente definidos

Só assim consegues atingi-los de forma coerente e orgânica, com esforço mas com o mínimo de stress possível.

Não basta dizer “Quero conseguir mais clientes.”: tens de perceber quantos clientes queres conquistar, até quando, e se é possível consegui-los nesse período de tempo.

Só assim consegues visualizar a tua meta e só assim consegues chegar até ela, sem a sensação de que andaste a correr e a trabalhar para nada.

Resoluções de fim de ano para o teu negócio

Já fizeste uma lista do que pretendes mudar no teu projeto em 2022?

Ou, pelo menos, já pensaste em metas que queres de atingir?

Se ainda tens dúvidas em relação a estas questões, deixamos-te aqui uma lista do que podes incluir na tua:

Aumentar o número de clientes

Ter mais clientes pode bem ser sinónimo de aumento do volume de negócios.

Além disso, para muitas pessoas, ter uma agenda mais preenchida aumenta a produtividade, por isso é uma excelente forma de impulsionares o teu negócio!

Diminuir o número de horas trabalhadas

Empreender significa também ter um negócio para gerir.

Quando estamos no início, é muito natural que nos deixemos absorver por tudo o que há para fazer.

Mas há vários casos em que a ideia é sempre diminuir o horário.

Consegues fazer todo o teu trabalho da parte da manhã? Então liberta-te da parte da tarde, sem culpas!

Libertares-te de clientes problemáticos

Quem nunca aceitou um trabalho por achar que ia crescer muito com ele, que o dinheiro fazia mesmo falta ou simplesmente porque queria ajudar, ponha o dedo no ar!

São raras as pessoas que trabalham por conta própria que conhecemos que nunca tiveram um cliente que se arrependeram profundamente de aceitar.

Será que despedir um cliente é a resolução de ano novo que precisas?

Aprender a trabalhar com uma nova ferramenta

Estar atualizado/a em relação ao mundo digital é meio caminho andado para te tornares especialista em alguma coisa.

Por exemplo, se gostas muito de trabalhar com alguma ferramenta de organização de tempo, informa-te mais sobre a tua preferida e vê o teu rendimento a crescer!

Fazer mais networking

Conhecer pessoas, dentro e fora do nosso nicho, pode trazer imensas vantagens.

Além do óbvio (dar a conhecer o negócio), ajuda-te a não te sentires tão isolado/a.

Um café com um colega de trabalho sempre soube bem, certo?

Então faz isso com os teus vizinhos do cowork ou vai a mais eventos de networking! Sem vergonhas 😉

Definir a semana por janelas horárias

Um bloco que aparece só para prospeção de clientes, outros dois só para reuniões e três tardes para três clientes distintos.

Pode parecer idiota, mas se bloqueares horas na tua agenda, tens o teu tempo mais bem organizado e otimizado, o que vai fazer com que tenhas menos stress e mais controlo sobre tudo.

Lançar um novo serviço

Se, por esta altura, já estás com um projeto sólido, porque não lançar um novo serviço?

Pode ser um curso, consultoria, ou algo que tenhas aí na gaveta e que estejas com medo de apresentar ao Mundo.

Estuda bem as hipóteses e percebe se vale a pena!

Estabelecer uma parceria profissional

Às vezes conseguimos fazer tudo sozinhos.

Mas, noutras alturas, mais vale descer do pedestal e perceber que talvez uma ajuda seja bem-vinda.

As parcerias funcionam bem, desde que bem feitas, e podem acrescentar muito valor ao teu negócio.

Se, por exemplo, trabalhas com o nicho imobiliário, porque não ter uma parceria com um advogado do ramo que possa acrescentar informação ao que já fazes?

Aprender a dizer NÃO

Esta resolução é tão, mas TÃO importante!

Saber rejeitar uma oferta de trabalho, ou outra coisa qualquer, pode custar.

Mas, se a tua intuição te disser para não aceitar algo porque não parece certo… Talvez devas dar-lhe mais atenção.

Não tens que responder de forma mal-educada, nem fechar portas só porque sim.

Mas aprende a dizer NÃO pelo bem do teu negócio!

Celebrar todas as conquistas

Nem sempre damos o devido valor a determinados momentos da nossa vida de empreendedores (seja porque estamos sem tempo, temos aquele prazo a acabar, é preciso fazer o marketing da marca, etc.).

Mas a verdade é que é de pequenas vitórias que esta vida é feita.

Conseguiste um novo contrato? Passaste o teu primeiro recibo? Lançaste o teu infoproduto? Chegaste aos 1000 seguidores?

CELEBRA!

O que é a vida sem um bom brinde, mesmo que seja só connosco próprios?

Conclusão

Independentemente das resoluções que estipulares para o teu projeto, o que queremos mesmo é que não te sintas sozinho/a nesta jornada!

A membership VAmos! Club é um local seguro e lá encontras várias pessoas que estão no mesmo barco que tu, casos de sucesso e uma comunidade sempre pronta para te ajudar.

Além disso, disponibilizamos mensalmente novos recursos que te vão ajudar a estruturar da melhor forma o teu projeto e temos várias ofertas exclusivas para os nossos membros!

Podes preencher o formulário da direita e subscrever a nossa mailing list para ser informado/a de quando abrirem novas inscrições.

Será esta a tua primeira resolução de ano novo?

Deixe uma resposta