Ferramentas gratuitas para reuniões virtuais

Ferramentas gratuitas para reuniões virtuais

É inevitável que, como Assistente Virtual, tenhas reuniões virtuais com os teus clientes.

Fazer uma reunião (ainda) é a melhor forma de fechar um cliente, fazer o ponto de situação mensal ou semanal, ou discutir novas ideias, projetos e tarefas.

E, como és assistente virtual, é provável que o teu cliente nem viva na tua zona residencial.

Por isso, torna-se difícil ter uma reunião presencial!

Felizmente, a internet é fantástica e há inúmeras formas de fazer uma reunião virtual com qualidade e de forma segura.

Guarda o artigo de hoje, vais precisar muito dele no teu futuro!

Porque, como diz o título, vais passar a conhecer algumas ferramentas gratuitas para reuniões virtuais.

A importância das reuniões

Como dissemos acima, as reuniões são inevitáveis.

Eu sei que deves estar a pensar que reuniões são chatas e já estás a contar o tempo que vais dedicar a cada cliente por semana e tudo mais.

Mas as reuniões são mesmo importantes.

São a tua hipótese de ganhar ou fidelizar um cliente.

E as reuniões são tão longas ou chatas quanto tu decidires.

A primeira reunião demora sempre um pouco mais, pois estás a conhecer o teu futuro cliente e ele a ti.

Mas as restantes podem ser bem mais curtas – desde que bem organizadas!

Mas porque dizem que é preciso uma reunião para fechar um cliente?

Não é obrigatório. Mas ajuda MUITO!

Porque tu consegues esclarecer dúvidas imediatamente, refutar eventuais objeções e estabelecer os próximos passos.

Se apenas o fizeres por email, estás a permitir tempo para o cliente ver outras opções e – mais que tudo – estás a perder tempo.

O teu e o dele.

Ferramentas gratuitas para reuniões virtuais

Foto de Visuals no Unsplash

1. Zoom

Esta é a que usamos diariamente e das mais completas e fáceis de utilizar que todas conhecemos.

O Zoom é totalmente gratuito para reuniões em duas situações:

  • Até 3 participantes: sem limite de tempo;
  • A partir de 4 participantes e até 100: 40 minutos gratuitos.

Para além de ser gratuita, tem outra coisa que ajuda imenso!

É possível ligar o Zoom ao Calendly (uma ferramenta que permite a marcação online de reuniões) e ao Calendário Google (para que nunca te esqueças de nenhum compromisso).

É, sem dúvida, a ferramenta para reuniões que mais recomendamos!

2. Google Meet

O Google Meet é relativamente recente e surgiu com mais força com a situação da Covid-19, no início de 2020.

Como mais empresas, escolas e profissionais precisavam de ferramentas gratuitas para reuniões, a Google não quis ficar para trás e deu destaque ao Meet.

O Google Meet é uma ferramenta para reuniões virtuais que, à data de escrita deste artigo, é gratuita.

Mas atenção!

O objectivo é que seja uma espécie de “Zoom da Google”, ou seja, vai chegar a altura de ser paga.

Se é melhor que o Zoom? Honestamente não achamos.

Não é difícil de trabalhar, mas penso que já nos acostumamos tanto ao Zoom que é difícil optar pelo Google Meet.

3. Skype

É verdade, ainda se usa o Skype!

O Skype foi, provavelmente, a primeiríssima ferramenta de reuniões online que todos nós conhecemos!

A Marisa ainda chegou a usar na altura em que trabalhava na agência de viagens e o Skype continua a ser uma excelente ferramenta.

Mas o Zoom permite que qualquer pessoa esteja numa reunião com um único clique e o Skype (pelo menos que saibamos) exige mais passos – por vezes até uma conta!

Sabemos que estavam a trabalhar para mudar esta questão, mas provavelmente não voltamos para o Skype neste momento.

Podes ainda usar estas ferramentas

O Gonçalo Hall, que podes conhecer do excelente trabalho que tem feito para promover o trabalho removo, é defensor de reuniões assíncronas.

De uma forma simplista, reuniões assíncronas acontecem sem que toda a gente esteja presente ao mesmo tempo.

Fazes um ponto de situação do teu trabalho num pequeno vídeo e disponibilizas para a equipa (ou o cliente) ver e responder quando for oportuno.

Loom

O Loom é um bom exemplo de ferramentas gratuitas para reuniões virtuais.

Podes gravar pequenos vídeos em que partilhas o ecrã e que podes, depois, partilhar com quem quiseres.

O vídeo pode estar público ou privado.

A Marisa usa o Loom com relativa frequência para partilhar informações relevantes com a equipa ou ensinar os clientes a dar-lhe perissão para usar o Gestor de Anúncios.

A versão gratuita do Loom permite vídeos até 5 minutos de duração.

Vidyard

O Vidyard funciona como o Loom.

Aliás, se estás na membership já viste um vídeo gravado pela Vera no usando o Vidyard.

Esta ferramenta acaba por ter uma melhor versão gratuita, mas o melhor é experimentar as duas.

Conclusão

Já dissémos noutro artigo que a melhor ferramenta é mesmo aquela a que tu e o teu cliente melhor se adaptam.

Teres o teu nicho definido também te vai ajudar a perceber quais as melhores ferramentas a usar.

Tornares-te um assistente virtual é um processo e uma aprendizagem constante.

Por vezes os clientes falam de algo que não conheces – e está tudo bem!

O importante é que aproveites a comunidade e a membership para tirar dúvidas e aprender.

Já usas alguma destas ferramentas no teu trabalho? Tens mais sugestões? Deixa o teu comentário abaixo 🙂

Deixe uma resposta