Dia Mundial da Assistência Virtual

Dia Mundial da Assistência Virtual

Quando surgiu a Assistência Virtual?

No dia 21 de maio comemora-se o Dia Mundial Da Assistência Virtual!

E se gostamos de nos focar no que vai ser o futuro da Assistência Virtual, é também importante saber quando e como surgiu.

A Assistência Virtual não é algo que apareceu com a pandemia.

A Assistência Virtual surgiu nos Estados Unidos da América, nos anos 90.

E se inicialmente se recorria ao telefone e fax, o aparecimento da internet em 1994 veio facilitar ainda mais o trabalho remoto.

Em 1997, uma assistente virtual foi entrevistada para uma revista.

Assim que aquela edição foi publicada, centenas de mulheres apressaram-se a contactá-la para descobrir como poderiam aprender a fazer o que ela estava a fazer e a obter um estilo de vida que lhes desse mais liberdade.

Em 1998 a indústria da Assistência Virtual ganhou estatuto de profissão, ao ser criada a organização AssistU, pela mesma Assistente Virtual que tinha sido entrevistada um ano antes!

É fácil ser Assistente Virtual?

Trabalhar como Assistente Virtual não é fácil.

trabalhar online assistente virtual

É solitário e trabalhas muitas horas, não só no negócio dos teus clientes, mas também no teu!

Ter uma boa rede de contactos e pertencer a comunidades é muito importante.

Buddying é também uma opção para quem se está a iniciar (ter um buddy é ter alguém que já está alguns passos mais à frente do que tu na jornada para se tornar assistente virtual, e te acompanha e motiva à medida que avanças).

Aprender é muito importante, mas tens também de aplicar o conhecimento que te é transmitido.

Vais ter a tendência de fazer o download de tudo e mais alguma coisa, mas na realidade estarás apenas a fazer coleção de ebooks.

Vais ter a tentação de comprar todos os cursos e aprender o máximo que puderes, mas a aprendizagem só é realmente feita quando pões em prática o que aprendeste no curso!

Por isso sê seletivo, escolhe bem as tuas “batalhas” pois é crucial que coloques a mão na massa e que pratiques os ensinamentos que te foram passados para que realmente aprendas!

É também fundamental ter uma grande capacidade de resiliência.

Há momentos de desespero, de dúvida, de tristeza, de desmotivação, e se com a continuação se torna mais “fácil” lidar com estes momentos, no início é fácil sentirmo-nos assoberbados por sentimentos negativos que facilmente nos fazem desistir.

Deves aprender a lidar com o primeiro não. Não te deixes ir abaixo com algo que pode ser uma dupla aprendizagem!

Dupla porque:

  • Por um lado, podes ficar a saber o que correu mal com aquele cliente e ter insights sobre o teu próprio negócio (será que aquele não era o teu cliente ideal, será que estás a apostar as redes erradas, será que a tua comunicação não está a passar o teu negócio da forma que queres, etc)
  • Por outro, podes aprender mais também sobre ti próprio, pois permite-te avaliar o porquê de te ires tão abaixo com a rejeição, o que podes fazer para melhor ultrapassar esses momentos, e que estratégias podes desenvolver não só para te conheceres melhor, mas também para lidar com estes momentos.

E cuida de ti!

Estar ocupado não é sinónimo de ser produtivo!

Cuida de ti e do teu corpo!

Se não descansares o suficiente corres o risco de estares tão esgotado que um dia inteiro de trabalho se pode resumir em 1h de verdadeira produtividade… porque o teu corpo e o teu cérebro simplesmente deixam de estar à altura da necessidade!

As vantagens da Assistência Virtual!

trabalhar em casa como av

Mas calma, que nem tudo é mau!!! Pelo contrário!!

A liberdade de escolher quando e onde trabalhar… a realização pessoal que retiramos de trabalhar para algo nosso! Poucas outras profissões o proporcionam!

Queres trabalhar 4 dias e descansar 3? Podes! És o dono do teu negócio!

Queres trabalhar de um terraço, agarrado a um refresco enquanto vês o mar? Também podes!

Queres trabalhar só da parte da tarde e usar as manhãs dormir até mais tarde, ir ao ginásio, fazer uma caminhada, brincar com o cão ou com o gato? Também podes!

Queres ir levar e buscar o teu filho à escola todos os dias e passar mais tempo com ele? Ora deixa cá ver… sim, também podes!!

Não vás pelo que paga mais, mas pelo que gostas de fazer e oferece essas tarefas às pessoas certas.

É a forma mais simples de garantir que vais ser feliz na Assistência Virtual.

Qual o futuro da Assistência Virtual em Portugal?

A profissão do futuro é definida por nós, pela forma como educamos os nossos clientes.

Mas Estratégia e Comunicação são pontos fundamentais para qualquer negócio e é uma das áreas que mais pode crescer, pois é necessária para vários negócios.

Desde o sapateiro que quer publicitar o seu pequeno negócio, à empresa que precisa de uma estratégia integrada de comunicação.

E sim, falamos aqui das empresas pois acreditamos que, com a maior aceitação do trabalho remoto, vem também a maior aceitação dos Assistentes Virtuais como força de trabalho válida e especializada para qualquer empresa.

O mundo é, cada vez mais, global.

A necessidade deixou de ser física e passou a ser digital.

Tudo isto nos encaminha para uma sociedade em que o trabalho online e deslocalizado é rei, e os negócios percebem que ter alguém especializado a contribuir para o seu crescimento não é uma despesa, mas sim um investimento.

Mas parte também de nós ajudar a aumentar a consciencialização das empresas, mostrando-lhes como podemos ser uma mais-valia!

Parte de nós fazer com que o cliente visualize a sua vida com um Assistente Virtual, em comparação com as dificuldades com que lutam diariamente.

Há que educar os clientes, e o público em geral, sobre o que é a Assistência Virtual.

Mas… como começar na Assistência Virtual?

Se sentes que tens de ter tudo perfeito para começar… Tira essa ideia da cabeça!

Se optares por essa via vais perder tempo e oportunidades.

Cada dia que esperas é uma oportunidade perdida.

Não te fiques pelo pensar. Age!

Sugerimos que coloques um prazo a ti próprio! Define uma data para dar a conhecer o teu negócio ao mundo e avisa 10 pessoas de que o vais fazer.

O compromisso que fizeste contigo, mas também com essas pessoas, não te deixará baixar os braços ou adiar até que “esteja tudo perfeito”.

A perfeição é uma construção das nossas cabeças! Nunca nada vai estar perfeito porque as coisas não são estáticas!

A realidade é mutável, assim como o mercado em que vais trabalhar e até os teus clientes!

Conclusão

assistente virtual e remoto

É claro que vai haver momentos em que nos vamos abaixo, vamos ter dúvidas, vamos espernear e maldizer a nossa vida! Faz parte!

É nestes momentos que a nossa rede de contactos e comunidades são fundamentais!

A possibilidade de criar sinergias e conexões com pessoas que partilham experiências, dificuldades e sucessos semelhantes não tem preço!

Foi com o futuro da Assistência Virtual em Portugal em mente que o Vamos! Club surgiu.

Partiu de um sentimento de compromisso para com a comunidade e criar a oportunidade de investires em ti próprio sem gastar fortunas!

Simplificar a tua jornada como Assistente Virtual ao lado de outros Assistentes Virtuais!

Curioso? Junta-te a nós! Durante 14 dias terás acesso a TODOS os materiais já disponibilizados pelo preço de 2 cafés!

Deixe uma resposta