Como angariar o primeiro cliente em 5 passos

Como angariar o primeiro cliente em 5 passos

Começar carreira como Assistente Virtual é algo muito entusiasmante.

Mas quando angariamos o primeiro cliente, algo em nós muda.

Se ainda dúvidas existissem, é nessa altura que nos apercebemos que este é o caminho certo e de que sabemos fazer as coisas.

É um sentimento incrível!

Na comunidade DitoFeito no Facebook, e mesmo no Instagram, a pergunta que mais vezes colocam é sobre como angariar o primeiro cliente.

Como tanta gente perguntava, a Vera fez uma live para a comunidade em que falou um pouco sobre o assunto e as pessoas puderam também fazer perguntas.

O DitoFeito (hoje VAmos! Club) foi criado com o objetivo de prestar informação útil, rápida e simples a toda a gente que se queira tornar assistente virtual como nós.

E, por isso, este conteúdo DEVE ser partilhado também contigo que ainda não fazes parte da comunidade.

Como angariar o primeiro cliente em 5 passos

como angariar primeiro cliente
Foto de Chang Duong no Unsplash

1º Passo – Divulga os teus serviços a TODA a gente

Literalmente toda a gente!

Amigos, família, conhecidos, até o senhor do talho… Toda a gente mesmo!

Porque nunca se sabe onde estão as oportunidades.

A Vera conta muitas vezes a história de como partilhou com toda a minha lista de contactos, inclusive a esteticista.

E agora vocês dizem “Com a esteticista?? Para quê?? Que exagero!”

Com a esteticista, sim!

E ela partilhou logo essa informação com a rede de contactos dela para o caso de alguém precisar de mim.

Não é assim tão raro que as oportunidades estejam onde menos esperas.

E não fiques a pensar “mas depois as pessoas vão dizer isto e aquilo”, porque não importa.

Esquece isso! Não é importante.

O que importa é angariar o primeiro cliente.

É tu divulgares os teus serviços e deixares toda a gente saber que estás disponível.

Se pensares bem, com certeza já fizeram o mesmo contigo em algum momento da tua vida.

2º Passo – Faz Networking

A Vera é uma pessoa que não esconde que é tímida e introvertida.

Mas também é muito obstinada e vai atrás dos seus sonhos e dos seus objetivos.

Fazer Networking era algo que lhe dava alguma ansiedade porque obrigava-a a deixar a timidez de lado.

Mas foi uma experiência incrível que não só lhe deu resultados (clientes) como também a ajudou a crescer como profissional.

Podes fazer Networking em praticamente todo o lado.

Tudo que te permita relacionar com pessoas é Networking.

Podes aproveitar cafés organizados, workshops, formações, espaços de coworking… As escolhas são imensas.

E sim, para quem é tímida como ela, custa um pouco no início.

Mas esse receio é ultrapassado assim que começas a ver resultados!

Vais perdendo os medos e ficando com ânsia de mais – em vez de ter ânsia de participar.

3º Passo – Redes Sociais

angariar o primeiro cliente redes sociais
Foto de Merakist no Unsplash

É quase certo e sabido que as redes sociais são AS plataformas do momento.

Mas estar presente nas redes sociais não te garante clientes ou seguidores automaticamente.

Só o consegues com conteúdo consistente, de valor, e uma boa mensagem.

A comunicação do VAmos! Club foca-se no Instagram e na comunidade no Facebook. E está bom!

Estas redes sociais foram escolhidas porque é onde as pessoas que se querem tornar AVs estão maioritariamente.

E optamos por ser mais ativas na divulgação usando o Instagram em vez de utilizar mais redes sociais.

Por vezes, as pessoas caem no erro de criarem logo um website, uma página de Facebook, um perfil de Instagram e mais um perfil no Twitter, Pinterest, YouTube, etc.

Conclusão: acabam por não se focar em nenhuma e não se dedicarem a nenhuma em particular.

O que vai levar a resultados menos bons e a que as pessoas se desiludam.

Escolhe a(s) tua(s) rede(s) social(is) consoante o teu nicho.

E, se não quiseres dedicar demasiado tempo, escolhe apenas uma!

Mas não deixes de publicar e põe toda a tua energia lá! Sem medos e sem desistir.

Podes angariar o primeiro clientes com uma publicação.

4º Passo – Cold Mailing (emails frios)

Nome curioso este, não é? Pelo menos em português.

Mas o nome “emails frios” tem uma lógica, que é usada em termos de marketing:

  • Pessoas frias: pessoas que nunca ouviram falar de ti, da tua marca ou da tua empresa. Quando as abordas é sem expectativa e elas sentem o mesmo em relação a ti. É aqui que a vossa relação começa (caso a pessoa esteja interessada);
  • Pessoas quentes: pessoas que já te conhecem (ou à tua marca e empresa), que te seguem e são quase tuas clientes.

Portanto, o termo “emails frios” refere-se a emails que envias a pessoas que não te conhecem e que nunca ouviram falar de ti.

Estes são comummente associados aos emails em massa.

No entanto, DESACONSELHAMOS que envies o mesmo email para 20 pessoas. E vamos explicar-te porquê:

  1. Enviar emails para mais de 10 pessoas pode levar a que o teu domínio seja categorizado como SPAM e é quase impossível que o deixe de ser. Isto leva a emails não entregues e/ou perdidos para clientes ou pessoas com quem estás a negociar;
  2. A pessoa não quer saber de ti; quer saber como a podes ajudar a facilitar o trabalho dela. Logo, não podes ter a mesma mensagem/solução para pessoas ou empresas que tenham objetivos diferentes;
  3. Um email personalizado chama muito mais a atenção! Olha para a tua caixa de emails e para os emails que recebes. Quais abres? Os que têm o teu nome? Ou os que nem falam de ti?

Outro ponto a ter em conta é o RGPD (Regulamento Geral de Proteção de Dados).

Pode enviar emails para qualquer pessoa ou empresa que tenha o email público sem problema. Mas tens sempre que lhe dar hipótese de deixar de receber emails teus.

A Bizy tem um artigo sobre como podes fazer cold emails. Lê aqui.

5º Passo – Aproveita TODAS as oportunidades

começa a angariar clientes
Foto de Danielle Macinnes no Unsplash

Lembras-te do 1º passo? Sobre divulgar a toda a gente?

Podes e deves fazê-lo sempre!

Mas, especialmente quando andas pela rua, deves fazê-lo com cartões de visita e nas tuas interações com pessoas.

Os cartões de visita NÃO estão ultrapassados e continuam a ser das formas mais eficientes e úteis de angariar clientes.

Até vos podemos contar uma história engraçada que aconteceu com a Vera, quando o filho dela, o Leo, fez anos.

Ela foi encomendar um bolo para ele. E a rapariga a quem o encomendou, estava a apontar todos os meus pedidos numa folha de papel.

A Vera pensou imediatamente “esta pessoa precisava de uma ajuda ou de um sistema melhor.”

Então, quando chegou a casa, partilhou o bolo nas redes sociais.

A rapariga que fez o bolo gostou da partilha e a Vera aproveitou para lhe dar a sua opinião e apresentar os seus serviços.

E a rapariga viu que realmente podia ser benéfico!

Com um bolo de aniversário, podes angariar um novo cliente.

Esta é uma história da Vera, mas há inúmeras outras de assistentes virtuais e de outros profissionais, que se apresentaram (e aos seus serviços) e conseguiram novos clientes.

Conclusão: é difícil angariar o primeiro cliente?

Se aplicares todos estes passos é garantido que consegues angariar o teu primeiro cliente.

Aliás, foi a seguir todos eles que em menos de duas semanas a Vera e a Bizy ganharam o primeiro cliente.

E que outras profissionais também angariaram mais clientes.

Aplica tudo e diz-nos quais foram os teus resultados!

Se sentes que ainda precisas de mais alguma ajuda, a Vera criou um eBook só sobre como e onde arranjar clientes. Podes ver mais informação aqui.

Gostaste deste artigo? Deixa o teu comentário e partilha com alguém que precise de ler isto 🙂

Deixe uma resposta